Política de Cookies
quinta-feira, maio 30, 2024
Mais
    InícioPlanejamento25 passos para organizar um casamento religioso perfeito

    25 passos para organizar um casamento religioso perfeito

    O planejamento do casamento religioso exige organização e escolhas feitas com antecedência para que todos os detalhes saiam dentro do esperado. Para ajudar a pensar em cada um dos passos necessários para a organização de um casamento religioso, a cerimonialista Márcia Possik, da Marriages e a organizadora de casamento Masé Nordi, da Madri Cerimonial, prepararam diversas dicas especialmente para o portal Ponto dos Noivos.

    1 – A escolha da igreja

    Se a escolha for por igrejas concorridas, é importante que a data do casamento seja marcada bem antes, porque algumas igrejas estão agendando casamento com até dois anos de antecedência. Mesmo que a noiva escolha se casar em uma igreja menos concorrida, a data também precisa ser agendada antes. Neste caso, de dois a cinco meses antes do casamento.

    2 – Horário da cerimônia

    Algumas igrejas realizam vários casamentos no mesmo dia. Sendo assim, se uma noiva se atrasa, consequentemente, todas se atrasarão. Por isso, é muito importante que o horário da cerimônia seja cumprido tanto pelos noivos, como pelos convidados.

    3 – Convite

    O convite está na relação dos itens fundamentais de um casamento religioso. Ele diz muito sobre o que vem pela frente. Os noivos devem ter em mente que o convite deve remeter ao estilo da cerimônia. Se a cerimônia for simples, opte por modelos mais discretos. Caso os noivos não ofereçam uma festa, deve conter nos dizeres do convite que o casal vai receber os cumprimentos na igreja. Os convidados precisam saber que o casamento será apenas no religioso.

    4 – Decoração da igreja

    Algumas igrejas só permitem que sejam contratados profissionais cadastrados, outras, deixam à disposição das noivas. Se houver outros casamentos no mesmo dia, as noivas devem decidir juntas como será a decoração. Neste caso, os custos também podem ser divididos.

    Ideias

    A decoração pode ser na cor branca. Não use arco de flores na entrada, para preservar a visão da porta da igreja.O uso de velas é indicado, desde que estejam em harmonia com os arranjos. Se os noivos quiserem pétalas de rosas pelo chão, devem ser colocadas em pouca quantidade, de forma que não sejam pisadas, para evitar acidentes, como escorregões. A chuva de pétalas no altar precisa ser autorizada pela igreja.

    Dicas

    Para ambientes religiosos rebuscados com uma arquitetura mais elaborada, utilize elementos tradicionais, como flores, tons brancos, tecidos, passadeiras vermelhas ou azuis, velas, colunas iluminadas e entradas decoradas. Não use arcos na entrada, nem colunas de vidro, galhos secos, tecidos tensionados e muito menos uma iluminação moderna.

    Casamento religioso: detalhes

    Para ambientes religiosos mais modernos e com arquitetura simplista, use uma decoração menos elaborada, menos carregada, com poucas flores, arranjos modernos, cores variadas, vidros, galhos, plantas, luminárias, tecidos tensionados, iluminação focada, folhas e pétalas. Use laços e fitas em lugar dos arranjos em cima das colunas. Coloque somente luminárias na passarela por onde passarão os noivos.

    5 – Flores

    O ideal é optar por flores da época, que ficam mais baratas. Tem de se levar em conta que normalmente mais de uma noiva se casa no mesmo dia, portanto, é preciso haver consenso quanto à escolha. Elas podem ficar nas laterais dos bancos, desde que não seja alto demais para não atrapalhar a visão de tudo e de todos.

    6 – Músicas

    Com relação às músicas, gosto não se discute. Lembre que muitas igrejas não permitem a utilização de músicas que não sejam religiosas. Se for livre, aproveite para selecionar músicas que estejam ligadas à vivência do casal. Tradicionalmente, as músicas mais tocadas nos casamentos realizados na igreja, são as clássicas e sacras.

    Márcia Possik selecionou juntamente com o maestro Renato Misiuk, do Allegro Coral, algumas músicas que fazem sucesso e são as mais procuradas pelos noivos.

    Casamento religioso: noivos

    Seleção de músicas para a cerimônia de casamento

    Entrada do noivo

    An American Hymn, de A. L. Webber

    Alla Hornpipe, de George F. Handel

    I´m Forrest, Forrest Gump Movie, de Alan Silvestri

    Main Title of Back to the Future Movie, de Alan Silvestri

    Entrada da noiva

    As noivas gostam de entrar ao som da marcha nupcial.

    Marcha Nupcial de Mendelssohn

    Marcha Nupcial de Wagner

    Trilha sonora do filme O Pai da Noiva (Main Title, The Wedding), de Alan Silvestri

    Ave Maria, de Gounod


    Cumprimentos (pais e padrinhos)

    Neste caso, as músicas ficam a critério do casal. Normalmente os noivos optam por repertórios que remetam a momentos especiais vivido por eles.

    Saída dos noivos

    Your Song, de Billy Paul

    Viva La Vida, do Coldplay

    7 – Entrada e cortejo

    Existem duas formas para o ritual de entrada do noivo, dos pais e dos padrinhos na igreja: pelas laterais do altar ou pelo caminho central da igreja, em um solene cortejo. No cortejo, a ordem de entrada é: noivo com a mãe do seu lado esquerdo (a mulher sempre deve se posicionar ao lado esquerdo do homem), pai do noivo com a mãe da noiva, um casal de padrinhos do noivo e em seguida os padrinhos da noiva, alternadamente até acabarem todos os padrinhos. As damas e os pajens entram ao som de uma música escolhida especialmente para eles e a porta se fecha. Depois da florista, é a vez da noiva entrar na igreja. Só na hora das alianças é que a porta se abre para a daminha e para o pajem, que trazem as alianças.

    8 – Alianças

    Primeiro entra a florista, que joga as pétalas de flores no chão. Em seguida, entra a daminha que leva as alianças. As daminhas e os pajens entram juntos.

    Casamento religioso: decoração

    9 – Damas e pajens

    A noiva escolhe a quantidade de daminhas e pajens que deseja. Dois casais são suficientes, ou seja, duas meninas e dois meninos. Deve-se levar em consideração que crianças muito pequenas podem acabar não entrando na hora. Deve-se levar em conta também que quem paga a roupa das damas e dos pajens é a noiva, portanto, pense no custo. A noiva também pode escolher damas adultas. Nesse caso, elas devem se vestir exatamente iguais e entrar em cortejo separado.

    10 – Florista

    Caso a noiva escolha uma florista e uma daminha para levar as alianças, a florista deve entrar primeiro. Elas podem entrar carregando um buquê ou uma cesta de pétalas de rosas, jogando-as pelo caminho do cortejo. Muitas igrejas não permitem que as floristas joguem pétalas no chão, por isso, uma dica é colocar na cestinha alguns botões de rosas, para que a florista distribua, de forma aleatória, para as convidadas que estiverem nas laterais dos bancos.

    11 – Padrinhos

    No altar, os pais e padrinhos da noiva ficam à esquerda e os pais e padrinhos do noivo se colocam à direita. Os pais podem ficar próximo à mesa do altar, onde é realizada a cerimônia, perto dos noivos. Os padrinhos ficarão nos seus lugares no altar, ao lado dos pais, de dentro para fora.

    12 – Família dos noivos

    A família dos noivos será distribuída em cada um dos lados do altar. O noivo, sua mãe e seus padrinhos ficam do lado direito de quem entra na igreja, enquanto a mãe da noiva e seus padrinhos ficam do lado esquerdo. Após o posicionamento no altar, as mulheres ficam à direita dos homens. O pai do noivo fica ao lado da mãe da noiva até a chegada do pai da noiva no altar. Os noivos podem reservar os primeiros bancos para seus convidados mais especiais, como padrinhos do casamento civil, avós ou pessoas queridas, como forma de homenagear essas pessoas.

    13 – Casamento apenas no religioso

    Ao organizar um casamento apenas no religioso, a noiva pode oferecer champagne na saída da igreja, para brincar com os convidados, apesar de não ser uma opção muito comum. O único cuidado que precisa ser tomado é com relação ao local. Por isso, o casal deve escolher uma ante sala ou até mesmo a área dos cumprimentos. Os noivos também devem ficar atentos para que a comemoração não atrapalhe, se marcados para a mesma data, o casamento posterior ao deles.

    14 – Lista de presentes

    Os noivos podem elaborar uma lista de presentes com os itens que acharem necessários. Não se deve anexar um cartão e nem escrever o nome das lojas no convite, pois é deselegante. Os convidados não são obrigados a dar presentes. O mais importante é que os noivos tenham em mente, que os convidados vão ao casamento porque querem comemorar junto com eles. Caso o convidado deseje presentear o casal, dará um jeito de saber onde está a lista de presentes.

    15 – Bem casados

    O bem casado é uma ótima escolha para oferecer de lembrancinha aos convidados. Contrate alguém para fazer a entrega dos bem-casados após a saída do casal, na porta da igreja. Se as damas forem adultas, são as pessoas indicadas para essa tarefa. É uma opção econômica e elegante, desde que não gere tumulto.

    Sugestões de lembranças para a cerimônia religiosa

    *Matéria escrita por Vanessa Guimarães

    Serviços:

    Divino Dolce
    (11) 3501-3306

    Magali Sena
    Top Line Flores
    (11) 2597-0141

    Márcia Possik
    Marriages
    (11) 3885-1554

    Masé Nordi
    Madri Cerimonial

    Publicidadespot_img

    FAVORITAS

    Mais recentes