Política de Cookies
quarta-feira, abril 24, 2024
Mais
    InícioModa e BelezaComo escolher o terno para noivo: 10 dicas de combinações

    Como escolher o terno para noivo: 10 dicas de combinações

    Qual é o traje ideal para o noivo usar no dia do casamento religioso? De acordo com especialistas, é importante observar as diversas opções de modelos e cores existentes e escolher a roupa de acordo com o tipo de cerimônia, o local, o horário e o clima. O terno para noivo é indicado para as cerimônias mais tradicionais mas também existem muitas outras opções como fraque, meio fraque, túnica e smoking.

    Segundo a estilista Maria Zeli, alguns itens importantes devem ser analisados na hora de escolher um terno, como, por exemplo, observar o porte físico do noivo. Se o homem tiver medidas avantajadas, ele não deve usar um traje claro, por exemplo. Nesse caso, o terno com risca de giz foi aconselhado pela estilista, pois alonga a silhueta.

    Horários do casamento

    Para casamentos de manhã, a indicação de Maria são trajes de cor clara, desde o branco total, passando pelos tons perolados e chegando ao marrom. Tons de cinza claro, chegando ao grafite, também são aconselhados por ela.

    Nos casamentos à noite, na opinião da profissional, a roupa para noivo deve ser de cor escura ou na cor preta, em modelos especiais como túnicas, smoking e os tradicionais meio-fraque, fraquete e fraque.

    Essas foram as considerações feitas pela consultora de moda para noivos que se casam em igrejas e espaços dentro da cidade. Para cerimônias no campo ou na praia, os trajes recomendados já são mais descontraídos.

    “O noivo pode optar até por um look bem informal, mas chique, como uma calça e uma túnica de seda com gola alta num tom abaixo da calça. Fica muito lindo”, explicou a diretora da Maison Maria Zeli”.

    O empresário Fred Chagas, à frente das lojas Personnage e Perdizes Rigor, indicou as roupas adequadas para cada tipo de casamento.

    Para festas de alto rigor, o traje ideal é a casaca ou o fraque, enquanto que nos casamentos de médio rigor, o noivo deve optar pela túnica, meio fraque ou smoking com colete. Para uma festa tradicional, pode-se usar o meio fraque ou o terno, enquanto que para recepções no campo ou na praia, o mais adequado é o uso de um terno com tecido leve e de cor clara.

    Terno para noivo: o horário influencia

    Detalhes importantes

    A personal assistant Heloísa Lúcia Sundfeld, da Help Personal Assistant, explicou a importância de conhecer a combinação dos pequenos detalhes.

    As meias e o cinto, por exemplo, são acessórios que deverão combinar com o sapato e preferencialmente, ser da mesma cor. A gravata borboleta só deve ser usada no smoking.

    “Seja qual for o traje, o sapato deverá ser de couro, de amarrar e de solado de couro. As gravatas devem ser discretas e lisas. As camisas de cores claras só podem ser usadas em casamentos na praia ou no campo e sempre em tom mais claro do que o terno. Já a gravata, em tom mais escuro do que a camisa”, frisou a consultora.

    Ela alertou também que se o paletó tiver três botões, somente o botão do meio deverá ser abotoado. “Quando se usa gravata, o colarinho sempre deverá ser abotoado, pois ele desabotoado passa uma impressão de desleixo e deselegância”, concluiu.

    Terno para noivo: a roupa deve combinar com o sapato

    Alugar ou comprar o terno?

    Maria Zeli comentou sobre a diferença entre o aluguel e a compra de trajes e orientou que, se o noivo optar por um terno, ele pode comprá-lo, mandando confeccionar sob medida.

    “Se a opção for um smoking, o noivo também poderá posteriormente usá-lo em festas black tie, portanto, a compra é válida. Para outros trajes mais requintados, o ideal mesmo é o aluguel ou o primeiro aluguel feito sob medida”, indicou a consultora.

    A estilista Marilia Amaral lembrou que se o noivo usar um fraque ou meio fraque, o melhor é alugar, pois provavelmente nunca mais usará a roupa novamente. Já em relação ao terno, ela recomendou a compra, pois o traje para noivo será usado muitas outras vezes.

    “Dê preferência para o aluguel ou primeiro aluguel do seu traje, pois é economicamente compensador e o noivo não fica com uma peça desnecessária ocupando espaço no armário”, finalizou.

    Terno para noivo: a cor precisa ser de acordo com o estilo

    O traje certo para cada estilo de cerimônia

    – Casamento pela manhã ou no campo: Terno claro em tons marfim, areia ou cáqui, pois são mais leves. A gravata por ser colorida.


    – Casamento casual na praia: Calça com túnica de tecido leve (linho ou seda) em tons claros ou até branco.


    – Casamento tradicional e à noite: Meio-fraque, túnica com diversos tipos de gola ou smoking. Como complemento, camisa rigor, colete, plastron no caso do meio fraque e túnica e gravata borboleta com faixa no smoking. Em alguns casos o meio-fraque pode ser usado com camisa e gravata social, dispensando o colete. Os padrinhos e o noivo se vestem com o mesmo traje, no caso o fraque ou meio fraque. Caso o noivo opte pelo fraque, coloque os padrinhos de meio fraque, nunca ao contrário.


    – Casamento simples: O traje pode ser desde um meio-fraque até um terno preto, azul ou cinza. Algumas túnicas sem brilho também são indicadas. Os padrinhos ficam à vontade para escolher seus trajes.


    – Casamento sofisticado: Essencialmente o fraque, fraquete ou casaca. Os complementos nesses trajes são os mesmos do meio-fraque, acrescidos de coletes de cetim combinados com o plastron e lencinho no bolso, que também pode ser substituído por um botão natural de mini-rosa marfim.


    – Casamento chique: Indicado desde o fraque até as túnicas com brilho e detalhes acetinados. Dê preferência para as casemiras, que são tecidos com mais brilho. Os padrinhos vestem-se todos iguais com meio-fraque, smoking ou até o costume (são duas peças: paletó e calça). Se os padrinhos usarem o costume, todos devem estar iguais, incluindo as gravatas.

    10 dicas de combinações

    (elaboradas pela estilista Maria Zeli)

    – Meias: Sempre combinadas com a cor dos sapatos ou com a tonalidade do terno.


    – Cinto: Sempre combinando com a cor do sapato.


    – Colete e plastron: Use somente se o traje for mais requintado (meio-fraque, fraque, fraquete e casaca).


    – Gravata borboleta e faixa: Usados com o smoking.


    – Abotoaduras: Somente use quando a camisa é de punho duplo, pois requinta o traje.


    – Prendedor de gravatas: É dispensável, mas é mais utilizado com ternos.


    – Pulseira e relógio: As peças precisam estar bonitas e o relógio não pode ser esportivo.


    – Sapatos: Clássico, de amarrar ou não. Pode ser em verniz, para os trajes mais requintados, sempre na cor preta. Com trajes claros, a cor do sapato vai do bege ao areia.


    – Camisas: Em tom pastéis ou coloridas, precisam ser sempre em cores bem claras. Para os casamentos durante a manhã, são recomendas as cores lilás, salmão, marfim, azul e rosa, sempre em tons claros. Se o terno for areia, o ideal é que a camisa seja da cor marfim, com gravata colorida ou nos tons.


    – Paletó: A manga do paletó deve chegar aproximadamente até um centímetro abaixo do punho e a manga da camisa deve aparecer pelo menos um centímetro. O comprimento do paletó é até o quadril, já a túnica, vai do quadril até abaixo do joelho. A calça deve cobrir o salto do sapato (na parte de trás). O último botão do paletó (de cima para baixo) deve ficar desabotoado, pois fica mais confortável para sentar.

    17 fotos de terno para noivo

    *Matéria escrita por Vanessa Guimarães

    Serviços:


    Maison Maria Zeli
    (11) 5542-1757

    Marilia Amaral Rigor
    (11) 5531-0303

    Help Personal Assistant
    (11) 3828-1917

    Perdizes Rigor e Personnage Rigor
    (11) 3675-5769

    Publicidadespot_img

    FAVORITAS

    Mais recentes