quinta-feira, fevereiro 29, 2024
No menu items!
Mais
    InícioIdeias e InspiraçõesCasar pela segunda vez: 10 dicas preciosas para planejar dos convites às...

    Casar pela segunda vez: 10 dicas preciosas para planejar dos convites às lembranças

    Bom gosto, elegância e requinte são as palavras-chave para organizar a cerimônia quando se está casando pela segunda vez. Toda celebração de casamento precisa ser bem planejada e organizada com antecedência pelo casal.

    “Acho que vale a pena se casar de novo. Eu tinha há muitos anos o desejo de me apaixonar novamente. O ser humano nasceu para formar um par. Eu tenho um filho de 25 anos e o meu noivo um de dez. Os nossos filhos acharam legal a ideia dos pais se casarem novamente”. Essa é a opinião da professora Cristina Gonçalves, de 50 anos, que está organizando seu segundo casamento e, como toda noiva, está alegre com a data que se aproxima.

    Faltando menos de três meses para o casamento, Cristina contou que depois do primeiro matrimônio, o que muda é o enfoque do evento. “Seja o primeiro casamento, o segundo ou o terceiro, o trabalho, os preparativos e os gastos são os mesmos”, contou.

    A assessora de casamento Serena Aguiar explicou que tudo permanece como a cerimônia de um primeiro casamento. “Por mais que seja um segundo ou um terceiro matrimônio, a noiva merece sempre maior atenção e uma entrada triunfal”, disse.

    Casando pela segunda vez: decoração
    Foto: Divulgação/ Rosa Rosé Decoração de Eventos

    Convites

    O convite é a primeira impressão que os convidados terão do casamento, por isso, ele é um item importante e deve ser escolhido com cautela.

    Serena Aguiar explicou que os filhos podem formalizar o convite para o casamento dos pais no corpo do texto, substituindo a forma padrão, que normalmente é feita pelos pais dos noivos. Exemplo: “Filho e Filha, convidam para a cerimônia de casamento de seus pais, Noiva e Noivo, que realizar-se-á no determinado dia”.

    Outra opção, recomendada por ela, são os próprios noivos convidarem, ou ainda, emitirem o convite junto com seus filhos. Por exemplo: “Noiva e noivo, juntamente com seus filhos, convidam para a cerimônia do seu casamento”.

    Decoração

    A decoração deve respeitar o espírito de cada casal, conforme explicou Serena. Para ela, os noivos devem escolher se preferem uma cerimônia despojada, formal, arrojada ou contemporânea.

    “Não existe uma regra em termos de decoração da cerimônia e da festa”, falou o decorador Thito Camargo, da Rosa Rosé, lembrando que existem estilos diferentes nos quais os profissionais adaptam as situações e o estilo dos noivos.

    Na opinião da decoradora Bia Sandoval, a tendência é utilizar disposições mais despojadas e lounges com bares, para abastecer os convidados e pista animada para alegrar a festa. Segundo ela, os clipes de infância e aparições triunfais com gelo seco estão fora de moda e fora de propósito. “O bolo pode ser cortado na mesa de doces sem ser seguido de valsa com os pais. Tudo mais sutil”, enfocou.

    Casando pela segunda vez: ambiente clean
    Foto: Divulgação/ Rosa Rosé Decoração de Eventos

    Cardápio

    As porções de finger foods são sensações nos casamentos e são sugeridas por Serena para qualquer estilo de festa, acompanhadas por doces, que devem seguir o perfil do evento, no sabor e na estética. “Eventos de praia pedem muito frutos do mar e doces com frutas, água de coco, vinho verde ou espumante, que devem ser servidos à vontade”, explicou ela.

    Outra sugestão de Serena é o uso de mesas fixas com peças de queijo inteiras, vinho tinto, espumante e jantar. Para os doces, a aposta da profissional são chocolates trufados, amêndoas e nozes, com folhas de ouro para decorar.

    “Um cardápio divertido em peças pequenas, sem mesa posta para todos, é uma idéia bem descontraída que se usa em todas as ocasiões. Combina perfeitamente com mini-degustações para os convidados circularem bastante e se encontrarem”, complementou Bia Sandoval.

    Casando pela segunda vez: menu personalizado
    Foto: Divulgação/ Convites Torre de Papel

    Trajes

    Se o casamento for formal, um vestido bem estruturado em tons leves e pastéis, sempre evitando o branco. Para cerimônias informais com conotação civil, a dica é utilizar uma roupa de alfaiataria com um belo blazer, com detalhes na cintura. Essa é a indicação de Serena para o traje da noiva.

    O decorador Camargo sugeriu um vestido em tom pastel, com chapéu e acessórios diferenciados, para casamentos diurnos, principalmente cerimônias ao ar livre. “Na minha opinião uma boa sugestão seria um vestido champagne, off white, cinza, fendi, rosa ou lilás, com um bonito acessório na cabeça, nos cabelos ou até mesmo um discreto chapéu”. Como sugestão para os casamentos noturnos, ele propôs tecidos mais escuros e vestidos longos de festa, frisando que os terninhos devem ser evitados.

    “Os terninhos passam ar de formalidade e deixam a noiva envelhecida. O ideal é um vestido discreto, sem muito bordado e brilho. A cor pode ser delicada e elegante”, completou Bia.

    Casando pela segunda vez: a decoração segue o perfil dos noivos
    Foto: Divulgação/ Rosa Rosé Decoração de Eventos

    Buquê de noiva

    Perfeitas para dar um toque de glamour, as flores não podem faltar em nenhum casamento. Para as noivas que preferem opções diferenciadas, o tradicional buquê pode ser substituído por algum acessório.

    “Os rosários são feitos com contas em jade branco, ouro texturizado e diamantes, que podem substituir ou acompanhar o buquê da noiva. As peças também podem ser usadas enroladas no punho ou no pescoço, como colar”, opinou Serena.

    A dica de Camargo é o uso de apenas um botão de rosa ou um terço de cristal.
    Bia lembrou que os pequenos detalhes é que fazem a diferença e que a noiva deve combinar os acessórios, buscando harmonia entre as peças. “Se o vestido será mais delicado e elegante, o buquê de flores não poderá ser em estilo braçada, por exemplo. Ele precisa seguir o mesmo estilo”.

    Entrada do casal

    Uma das dúvidas mais comuns das noivas é relacionada à entrada dos padrinhos e dos filhos. A cerimonialista Serena Aguiar explicou que a noiva pode entrar sozinha ou acompanhada de um filho. “Os filhos podem se posicionar próximo ao altar em posição de destaque para testemunhar a união do casal”, explicou.

    Serena ensinou que a entrada dos filhos pode ser utilizada em uma linha de cerimonial mais moderna. Os filhos devem entrar antes dos noivos e após os padrinhos. A ordem de entrada deverá ser do mais velho para o mais novo.

    A noiva também pode entrar sozinha, na opinião de Camargo, ou, os noivos podem entrar juntos. “Acho lindo o casal entrar junto. Se tiverem filhos, podem deixá-los entrar antes ou depois com as alianças”, recomendou Bia.’, recomendou Bia.

    Alianças

    Para a entrada das alianças, o casal pode escolher sugestões alternativas, fugindo da tradição de uma daminha carregar as alianças. “Podemos pensar em outras alternativas para substituir a daminha que carrega as alianças. A noiva pode convidar, por exemplo, uma amiga para ser dama de honra, principalmente se tiver mais de 35 anos”, indicou Camargo.

    Outra sugestão do profissional foi deixar a responsabilidade para os filhos mais velhos de ambos os noivos. Os rapazes ou as moças podem se posicionar no altar junto com os padrinhos e levar as alianças ou uma mensagem elegante.

    Presentes

    Como o casal já possui casa montada, o ideal é contratar um serviço de cotas de lua de mel, para receber valores em dinheiro, que podem ser usados na viagem de lua de mel ou guardado para outra finalidade.

    “No primeiro casamento somos jovens e acabamos guiadas pela mãe ou sogra, para fazer tudo como manda o figurino. No segundo, a história é diferente. A noiva é mais velha, já passou por essa experiência, sabe o que quer e vai direto ao que interessa, dispensando formalidades desnecessárias”, desabafou Cristina.

    Casando pela segunda vez: tags para colocar no carro
    Foto: Divulgação/ Convites Torre de Papel

    Lembrancinhas

    Como sugestões de lembrancinhas, diversas opções são indicadas pelos profissionais: pedra em cristal de rosa, mini espumante, porta-jóia de prata, espelho de cabeceira de prata, jóias, talismã de família, terço de cristal, bem-casados, macarrons e até trufas embaladas em caixinhas. Vale tudo que a imaginação e o bom gosto, mandarem.

    *Matéria escrita por Vanessa Guimarães

    Serviços:

    Alma Gorda

    Atelier Maria Chiquinha
    Criação e produção de lembranças
    (31) 3586-1477

    Atelier Crie e Recrie
    (11) 3743-3239 e 9225-9001

    Serena Aguiar
    Assessoria em casamento
    (71) 3353-0811 e 8869-8962 – Salvador, BA

    Vitryques
    (11) 9139-0756

    Bia Sandoval
    Decoração e Paisagismo
    (11) 3375-8399 e 3031-1472 – São Paulo, SP

    Convites Torre de Papel

    Rosa Rosé Decoração de Eventos
    Decorador Thito Camargo
    (19) 3294-9296 – Campinas, SP

    Publicidadespot_img

    FAVORITAS

    Mais recentes