Política de Cookies
quarta-feira, junho 19, 2024
Mais
    InícioColunasVida a DoisReprogramar para resolver

    Reprogramar para resolver

    Em muitas situações, percebo os casais desacreditados de suas reais capacidades de desenvolvimento como seres humanos, para além de um ser-casal (que é a união de dois seres, onde juntos, tornam-se um em egrégora).

    Antes de compreendermos os motivos que podem tornar um relacionamento desarmônico ou em outras palavras, cheios de desafios e problemas, devemos olhar para dentro de nós e identificar o que carregamos, que pode estar pesando e sendo somatizado no relacionamento.

    Em meu dia-a-dia como terapeuta, eu utilizo técnicas vibracionais, como o Reiki, o Thetahealing e a Radiestesia e Radiônica para auxiliar os casais a identificarem a raiz do que se apresenta para ser ressignificado de forma individual ou conjunta, dependendo do caso.

    Quando tomamos consciência do que nos assombra, conseguimos compreender o motivo pelo qual tomamos reações emocionais diversas, que podem estar ligadas a mesma questão, que pode vir de um trauma de infância ou de nossa ancestralidade, ou da nossa relação ou exemplo obtido para com os pais ou ainda em outro relacionamento ou tempo.

    Vamos compreendendo os padrões que carregamos e assim ao tomar consciência que eles existem em nós, vamos liberando um a um e compreendendo que não há mais a necessidade de trazer conosco aquilo que não agrega mais no agora, mesmo que no passado tenha sido algo bom.

    Como um relacionamento passado, por exemplo, que embora tenha sido maravilhoso, ocorreu e findou-se. Ele pode no agora, servir de fuga mental, quando algo no relacionamento atual não vai bem. Ao invés de investir em energia e tempo buscando respostas para concertar o atual relacionamento, por vezes ouço relatos de busca na resolução para o companheiro, no espelhamento para com o relacionamento passado. O que demonstra o tamanho de expectativas para com um idealismo imaginário não correspondido, vindo de um sentimento não resolvido, do rompimento de uma relação passada. Este é um exemplo muito comum.

    Neste caso, liberamos a memória e os laços entre ambos os seres que estiveram no relacionamento, para que o atual relacionamento possa seguir em harmonia, com o que se apresenta no agora, sendo resolvido.

    Também é possível durante uma sessão de terapia vibracional perceber a motivação e os sentimentos que levaram aquela questão a iniciar-se e ao compreender, ela sana, através da autocompreensão.

    O corpo humano é uma ferramenta incrível de aprendizado para nossa essência divina, porém, pouco estudada a fundo. Possuímos recursos tão inteligentes quanto a TV, a Internet, o celular, porém de forma orgânica, em nossa programação celular.

    Por isso, é necessário estudar sobre o corpo ao qual você habita e também seu companheiro para que haja maior sabedoria e autoconhecimento, pois são a chave para libertar todas as dores do ser humano. O conhecimento liberta, então, busque-o e torne-se livre do que chama de problemas, transmutando-os para apenas “lições a serem aprendidas” e depois quem sabe, também ensinadas.

    Aos que desejarem auxílio através de sessões de terapia vibracional basta entrar em contato que olharemos para você com amorosidade.

    Um abraço com carinho,

    Raquel Toledo

    Publicidadespot_img

    FAVORITAS

    Mais recentes