Política de Cookies
quinta-feira, maio 30, 2024
Mais
    InícioColunasCasa em HarmoniaPrepare o coração para o casamento

    Prepare o coração para o casamento

    Não é só a nossa casa que pode acumular energias que bloqueiam nossa vida. O nosso corpo também pode guardar ressentimentos, mágoas e frustrações.
     
    Com esse ritual para a cura das emoções você irá dar um grande passo em direção a um casamento feliz.

    Sabe por quê? Nossos problemas emocionais revelam uma dificuldade em lidar com a nossa própria personalidade. Eles podem ter várias causas mas a básica pode ser nossa baixa autoestima, gerada muitas vezes em nossa infância ou por nosso temperamento.

    Na astrologia cármica temos várias pistas para os dramas que vivemos em nossas vidas.

    Todos buscamos realizar o amor em nossas vidas, porém, precisamos muitas vezes de várias informações para não repetir padrões que não nos levam para a felicidade que buscamos.

    Assim, durante nossa vida, podemos ter vivido situações que não foram bem resolvidas, deixando marcas que atrapalharão nossos relacionamentos futuros quando não as “limpamos”.

    Ritual simples e muito eficaz para a cura das emoções (faça com calma e concentração)

    Sozinha(o) em seu quarto, coloque uma vasilha de vidro ou cristal com 2/3 de água pura perto de você e escreva cuidadosamente todas as lembranças dolorosas em relação às pessoas do sexo masculino, desde pai, parentes mais chegados, irmãos, professores, colegas de classe e amigos. Use uma folha para escrever sobre cada pessoa.

    Não é necessário fazer esforço: naturalmente escreva sobre as lembranças que vierem à sua mente. Em seguida, faça uma pequena fogueira em um recipiente de ferro (pode ser um pequeno caldeirão) e após ler o que escreveu, queime cada folha dizendo três vezes a frase: “Eu te perdoo por você não ter sido a pessoa que eu queria que você fosse. Eu te perdoo e te liberto”. Finalize queimando cascas de laranja secas, ao sol, no caldeirão.

    Faça a mesma coisa em relação às figuras femininas importantes de sua vida: mãe, avó, irmãs, professoras, colegas de classe e amigas.

    Repita o ritual para cada uma e a diga a frase: “Eu te perdoo por não ser a pessoa que eu queria que você fosse. Eu te perdoo e te liberto”.

    Por último, perdoe a si mesma(o), lendo pausadamente durante 27 dias antes de dormir essa oração para a conquista da harmonia emocional:

    “Buscando eliminar todos os meus bloqueios internos que atrapalham a minha evolução e que me causam desarmonias, me ligo ao meu Ser de Luz pedindo a Ele que me ajude no trabalho de perdoar”.

    Oração da reconciliação com o Todo Maior

    Perdoar não significa esquecer, porque perderíamos o aprendizado da experiência, concordam? É importante lembrar-se do fato sem sofrer.

    “Eu me perdoo de tudo que fiz até hoje que não é condizente com as leis do amor.

    Eu perdoo a todas as pessoas que de alguma forma me ofenderam, me injuriaram, me prejudicaram ou me causaram dificuldades desnecessárias.

    Eu perdoo sinceramente a quem me rejeitou, me odiou, me abandonou, me traiu, me ridicularizou, me humilhou, me amedrontou ou me iludiu.

    Perdoo especialmente quem me provocou até que eu perdesse a paciência e reagisse violentamente, para depois me fazer sentir vergonha, remorso e culpa.

    Peço perdão a todas as pessoas que de alguma forma consciente ou inconsciente eu ofendi, prejudiquei ou machuquei.

    Eu me aceito exatamente como eu sou, com minhas qualidades e dificuldades, tendo neste momento consciência de que sou um Ser Divino em fase de aprendizado e evolução.

    Peço que através desses ensinamentos, eu consiga dar mais um passo em direção aos seres de luz e amor, recebendo paz e equilíbrio”.

    Faça três respirações profundas e diga pausadamente em voz alta, ou mentalmente, se preferir:

    “Eu amo, respeito e honro a minha pessoa”.

    “O amor sempre me rodeia”.

    “A luz divina me envolve e me alimenta e me ajuda a fazer as melhores escolhas para minha vida colocando os meus passos no caminho suave da evolução consciente”.

    “A confiança no amor divino espanta o medo de me amar e ao meu próximo”.

    Só o perdão nos liberta de nossos carmas. Livres, começamos uma nova vida, onde amar é, de fato, um bem.

    Esses procedimentos preparam nosso espírito para resolvermos as questões amorosas de nosso momento presente.

    Com meus votos de uma vida conjugal plena e feliz.

    Stela Vecchi

    Publicidadespot_img

    FAVORITAS

    Mais recentes